O que falta para que o Segwit comece a funcionar? O caminho do Bitcoin para um aumento de capacidade

O bitcoin está no caminho para aumentar sua capacidade – mas ainda não chegou lá.

Apesar do que vem sido dito sobre o bitcoin ter sido atualizado para suportar as transações do tipo Segregated Witness, ainda precisam ser dados alguns passos antes que a rede distribuída possa processar essa informação.

Na verdade, devido às complexidades para manter a rede distribuída do bitcoin unida, a mudança pode não vir a ocorrer ate meados de agosto.

 

A linha do tempo

Dito isso, com a ativação do BIP 91, o bitcoin agora segue em direção a esse possível resultado.

Nesse contexto, isso significa que o BIP 148, a proposta que busca atualizar a rede para rodar o SegWit utilizando um código diferente, se torna cada vez mais improvável (porem ainda possível). Sendo assim, um caminho que iria levar o bitcoin a se separar em dois blockchains foi reduzido, porém seria errado dizer que essa possibilidade foi totalmente eliminada – mesmo no curto prazo.

Em vez disso, agora o SegWit precisa seguir a linha do tempo desenhada para dar aos mineradores e aos operadores dos nodes um tempo suficiente para atualizar o seu software, que deve também operar dentro das maiores restrições do design do bitcoin.

A linha do tempo abaixo mostra um cenário otimista sobre como isso pode acontecer:

Imagem1

Como ilustrado acima, agora os mineradores devem sinalizar apoio para o SegWit antes que o código atinja “lock-in” e “ativação”, duas etapas que devem ser concluídas  com requisições especificas.

 

Complicações no curto prazo

As coisas ainda podem dar errado.

Por exemplo, é possível que os mineradores parem de sinalizar suporte para o SegWit antes do prazo limite para a implementação do BIP 141 (porém eles correm o risco de ter seus blocos rejeitados pela rede e com isso perder a recompensa)

Enquanto todos os nodes parecem estar sinalizando corretamente, é difícil saber exatamente quem esta rodando o software – isso significa que os mineradores podem falhar na hora de rejeitar um bloco que não esta sinalizando para o SegWit continuar adicionando novos blocos sobre esse bloco e por fim produzir uma cadeia alternativa causada por esse erro inicial.

Mais um ponto negativo é a ideia de que os mineradores já mudaram de ideia no passado e, portanto, há a suposição de forte ameaça que os usuários poderiam forçar uma mudança que levaria à divisão que mantinha os mineradores em cheque.

As tentativas do Litecoin de integrar o SegWit contextualiza essa teoria.

Enquanto 75% dos mineradores de Litecoin sinalizassem pra o SegWit em Abril, o SegWit seria implementado. Porém o suporte dos mineradores diminui logo após a data limite. Isso provocou o criador do protocolo Charlie Lee e outros usuários do Litecoin a ameaçarem a codificação de uma proposta de bifurcação leve ativada por usuários (UASF) como alternativa.

Pouco tempo depois, uma mesa redonda foi feita com a maioria dos mineradores onde a situação foi contornada, pois a maioria decidiu sinalizar a tempo o suporte ao SegWit.

Se o mesmo acontecer para a situação atual do bitcoin, a ideia é que (após eviratem um UASF no bitcoin no dia primeiro de agosto) o suporte ao SegWit pelos mineradores diminuía, apesar de que os interesses econômicos nesse caso sejam muito maiores.

 

Complicações a longo prazo

Mesmo que o SegWit seja implantado, ele possibilita apenas metade da proposta do Segwit2x.

Um acordo informal entre empresas e mineradores feito em Maio, cujo objetivo era aumentar ainda mais a capacidade do software (alguns dizem que isso vai além do que deveria ser um desenvolvimento prudente).

Como o desenvolvedor Jeff Garzik levantou em uma entrevista esse final de semana, ele ainda planeja auxiliar a avançar uma proposta que almeja atualizar o tamanho do bloco para 2MB e ainda assim evitar essa atualização por um processo conhecido como hard fork.

O argumento contra essa abordagem é que as pesquisas nessa área ainda está subdesenvolvida, ainda sim Garzik disse que o SegWit pode falhar ao introduzir as mudanças prometidas por aqueles que tem defendido a sua integração.

Essa determinação (ainda que a comunidade desenvolvedora tenha se pronunciado dizendo que essas afirmações do Garzik são falsas) pode fazer com que a possibilidade de divisão aumente para o final do ano.

Há ainda uma grande possibilidade de que essa discussão se torne ainda mais complexa dado que as datas predefinidas se aproximam e grupos diferentes tentam influenciar os resultados.

 

Fonte: Coindesk.com

 

Enviar Comentário