Por que um fork no bitcoin não é como um ‘Split de ações’?

Se você vem acompanhando os acontecimentos das ultimas semanas relativos ao fork do bitcoin, você possivelmente se deparou com o termo “Split de ações” sendo levantado por diversos especialistas.

 

Antes de tudo, temos que deixar claro que realmente temos dois ativos relacionados ao bitcoin sendo negociados publicamente, com nomes e propostas de valor semelhantes. Elas até aparecem lado a lado em algumas das maiores exchanges.

 

O impulso de se utilizar uma terminologia existente como uma metáfora para se referir a uma tecnologia emergente é compreensível. Na verdade, utilizar modelos mentais existentes como uma metáfora para coisas que nós ainda não entendemos muito bem é um excelente facilitador.

 

Porem essa comparação, embora seja bem intencionada, é errante: um fork na blockchain não tem nada a ver com um Split de ativos.

 

Vamos levantar alguns pontos expondo as diferenças entre um Split de ações e um split no blockchain para que você possa entender melhor.

 

Os impulsionadores

 

Split de ações: Para uma contextualização rápida, a motivação básica para um Split de ações é abaixar o preço dos das ações individuais de um ativo e com isso deixar essa acessivel e atrativa para investidores de varejo para por fim aumentar o volume negociado desses ativos.

 

Bitcoin: As razões para um “Split” em duas moedas são bem complexas, mas elas não tem nada a ver com “facilitar o acesso” a investidores de varejo.

 

O ponto crucial é: Um longo debate dividiu a comunidade sobre o futuro do software da moeda – mais especificamente, um debate para encontrar a melhor maneira de atualizar a rede para suportar o crescimento diário de usuários e transações.

 

Após o fork do bitcoin, ele continua sendo negociado na casa dos $2700, praticamente o mesmo preço de antes. O preço do novo ativo, Bitcoin Cash, está sendo negociado (no momento em que essa matéria é escrita) por $630 dólares, dependendo da liquidez da exchange que está sento negociada. Por agora, os dois ativos se valorizam separadamente, cada um com suas especificações técnicas e comunidades.

 

Governança

 

Split de ações: Os Splits de ações tem uma coisa em comum com um Split na blockchain: eles devem ser aprovados por alguém. Então quem aprova?

 

Quem tem parte nas companhias negociadas publicamente são os próprios acionistas. Esses acionistas elegem uma conselho administrativo para representa-los frente a decisões e soluções de problemas de governança. Esse conselho administrativo contrata gerentes para gerenciar a empresa. O conselho administrativo e a gerência, fazem decisões importantes que são cruciais para o funcionamento da empresa.

 

Uma das decisões mais importantes que diretores do conselho administrativo e gerentes podem tomar é sobre a composição da estrutura do capital da companhia, que esta diretamente relacionado com as decisões de Split de ações.

 

Bitcoin: O bitcoin como muitos já sabem é uma rede de valor compartilhada sem qualquer autoridade ou controle centralizado. Não existe uma única terceira parte que verifica o valor contabilizado do bitcoin. Não existe uma autoridade central de governança, ao invés disso, as decisões são tomadas pelo consenso baseado em mineradores (ou nós) sinalizando a sua aprovação para propostas, baseado em limiares predeterminados que estão incorporados no código da criptomoeda.

 

Em um evento como uma divisão, cada um toma sua decisão de acordo com seu interesse.

 

Atualmente, algumas exchanges não estão listando Bitcoin Cash, outras estão. Alguns mineradores não estão minerando na nova blockchain, outros estão. E alguns usuários estão negociando ambas as moedas, ambas são novos ativos digitais que pode ser enviados ao redor do mundo. Para onde eles irão a partir de agora, vai depender de muita coordenação, mas por agora, as decisões estão sendo tomadas isoladamente e dedicadas ao interesse próprio.

 

Considerações finais

 

Split de ações: Um Split de ações é uma ação corporativa que divide uma ação existente em duas sem mudar o que essas ações representam. Se você dobrar a quantidade de alguma coisa, mas cortar seu valor pela metade, economicamente nada mudou. (O que vale mais para você uma conta de R$20 ou duas de R$10?)

 

Mas o mais importante de um Split de ações é que nenhuma entidade nova é criada, a mesma entidade corporativa que existia antes do Split continua existindo depois.

 

De um ponto de vista operacional, nada foi retirado e nada foi acrescentado.

 

Bitcoin: Quando o Bitcoin Cash se separou da blockchain do bitcoin ele criou uma blockchain inteiramente nova e única para o Bitcoin Cash. A partir dai, as duas criptomoedas são negociadas separadamente. Cada uma com seu próprio histórico de transações a partir da divisão e desenvolvendo valores únicos.

 

Ambas podem de falhar, e ambas prosperar. Isso depende do mercado.

 

Atualmente, a popularidade do ethereum e do ethereum classic mostra o quanto pode demorar para o mercado decidir – caso decidam escolher um vencedor.

 

Fonte: CoinDesk.com

 

Enviar Comentário