gamer cripto

Asus permite que gamers usem suas placas gráficas para mineração

A gigante de tecnologia do Taiwan, Asus, está permitindo que os gamers usem o poder de processamento das suas placas gráficas para ganhar uma parte dos lucros da mineração de cripto.

Nesta quinta-feira a empresa anunciou que se associou à Quantumcloud, provedora de aplicativos de mineração, para permitir que os gamers ganhem “renda passiva”, permitindo acesso às suas placas gráficas Asus (ou GPUs) quando não estiverem sendo usadas para outras tarefas. Os ganhos serão pagos via PayPal ou WeChat.

O site da Quantumcloud disse que, o aplicativo usa as GPUs dos jogadores para potencializar coletivamente as mineradoras baseadas na nuvem e geram lucro, dando a eles uma porcentagem com base na quantidade de energia fornecida.

A Asus destacou que a privacidade dos dados financeiros dos clientes no aplicativo está protegida pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR).

A Quantumcloud disse:

“Como parte de sua promessa de proteger os dados do usuário, a Quantumcloud foi lançada com a conformidade com o GDPR e não exige que os clientes criem um login exclusivo. Em vez disso, os clientes usam sua conta PayPal ou WeChat para fazer login e coletar seus ganhos.”

A empresa, no entanto, não garante que os usuários de seu software tenham lucro. E o anúncio deixa claro que, as taxas de ganhos podem mudar com base no desempenho do mercado cripto e não podem ser garantidas ou influenciadas de qualquer forma pela Quantumcloud.

Os mineradores de cripto tem passando por tempos difíceis, com preços baixos e alta dificuldade na mineração. Estima-se que centenas de milhares tenham saído do setor nas últimas semanas. E ontem, a gigante de mineração Canaan, baseada na China, reduziu temporariamente os preços de todos os seus dispositivos de mineração de cripto para 200 dólares cada.

A demanda por GPUs de minas de cripto também caiu nos últimos meses. Em agosto, a fabricante de chips americana Nvidia divulgou um relatório financeiro indicando um declínio considerável nas vendas, em grande parte devido a uma queda na demanda de mineradoras.

Veja também: FlowBTC organiza Meetup sobre Stablecoins no dia 04/12 em São Paulo.
Leia também

Bitmain enfrenta processo de $5 Milhões sobre suposta mineração de cripto não autorizada

Noruega remove incentivos fiscais para a mineração de Bitcoin

Siemens se une à plataforma de energia impulsionada por blockchain

FlowBTC

Comprar e vender BitcoinEthereumRipple, Bitcoin Cash e Litecoin é na FlowBTC! A plataforma mais segura e rápida do Brasil, com 3 anos de história, nunca saiu do ar e nem foi hackeada. É a única corretora brasileira que faz parte da Enterprise Ethereum Alliance e possui grandes investidores do mercado financeiro tradicional. Invista com especialistas, abra já sua conta.

Quer ficar por dentro de mais conteúdo? Siga o BrBitcoin nas redes sociais:

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta