cripto ledger

Ledger assina acordo com Crypto.com para aceitar pagamentos em cripto

A Ledger assinou um acordo com a startup de pagamento por cripto, Crypto.com, para permitir que os usuários paguem por seus produtos com criptomoedas.

As empresas assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) que vai permitir que a Ledger adote o serviço Crypto.com Pay da startup.

O Crypto.com Pay será incorporado à loja online da Ledger, onde os clientes poderão fazer compras por meio do aplicativo da Carteira e do Cartão Crypto.com.

Embora o comunicado de imprensa não especifique quais criptomoedas serão suportadas pela nova solução de pagamento,de acordo com seu website, a Carteira da Crypto.com conta com sete moedas fiduciárias e seis criptomoedas.

O CEO da Ledger, Éric Larchevêque, afirmou que a introdução de uma opção de pagamento por cripto para a compra de produtos é um movimento natural, e esse método de pagamento é exatamente o que os clientes da Ledger estão buscando.

Recentemente a Ledger abriu um novo escritório em Nova York para desenvolver sua oferta de custódia direcionada a instituições chamada Ledger Vault. A empresa nomeou o ex-executivo da Intercontinental Exchange (ICE) Demetrios Skalkotos para liderar as operações da unidade global de negócios para o projeto.

Em novembro, a Ledger adicionou suporte à altcoin focada na privacidade, Monero (XMR), em seu dispositivo de carteira Nano S, tendo anteriormente retomado o suporte para o Bitcoin Cash (BCH), após uma suspensão de serviço em meados de novembro.

FlowBTC lista EOS e faz promoção de Natal dando bônus de até 12 EOS mais sorteio de 25 EOS
Leia também
FlowBTC

Comprar e vender BitcoinEthereumRipple, Bitcoin Cash, Litecoin e EOS é na FlowBTC! A plataforma mais segura e rápida do Brasil, com 3 anos de história, nunca saiu do ar e nem foi hackeada. É a única corretora brasileira que possui grandes investidores do mercado financeiro tradicional. Invista com especialistas, abra já sua conta.

Quer ficar por dentro de mais conteúdo? Siga o BrBitcoin nas redes sociais:

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta