suíça criptoativos

Líder financeira suíça emite licença para gerenciamento de criptoativos

Nesta terça-feira, segundo a mídia suíça Swissinfo, a Autoridade Supervisora do Mercado Financeiro da Suíça (FINMA) emitiu a primeira licença de gerenciamento de criptoativos do país para um fundo de investimento em cripto.

O destinatário é a Crypto Fund, uma subsidiária fundada em 2017 pela Crypto Finance AG, com sede em Zug. Até agora, de acordo com as regras da FINMA, o fundo só pode distribuir fundos de cripto baseados em offshore.

Porém esta nova licença vai permitir que a empresa ofereça legalmente um amplo espectro de produtos de investimento coletivo que rastreiam o Bitcoin (BTC) e outros ativos de cripto, incluindo fundos domésticos. Além de também permitir que a firma ofereça serviços de consultoria de investimento para clientes institucionais, dando a eles a mesma liberdade dada aos gerentes de ativos tradicionais suíços.

De acordo com a Swissinfo, há uma queda nos fundos de cripto rivais na fila para obter aprovação para uma gama de produtos e serviços relacionados à cripto, que incluem pedidos de licença para oferecer serviços bancários completos para operadores de criptomoedas na Suíça.

Foi recentemente informado pelo Cointelegraph, uma startup suíça blockchain que obteve aprovação para operar no mercado financeiro local sob a Financial Services Standards Association (VQF), que é autorizada pela FINMA para supervisionar o cumprimento da lei contra lavagem de dinheiro (AML). A empresa também está buscando uma licença bancária para permitir que futuramente ela ofereça investimentos em títulos.

A cidade suíça, Zug, é conhecida como “Crypto Valley”, graças a sua alta concentração de projetos em blockchain e criptoativos. Recentemente, algumas empresas locais formaram parceria com o governo da cidade para experimentar um sistema de votação municipal baseado em blockchain.

A Suíça é proativa quando se trata de regulamentação cripto. Em fevereiro deste ano, a FINMA publicou diretrizes detalhadas sobre as ICOs. De acordo com essas diretrizes, muitos projetos devem ser regulados pelas leis de títulos, enquanto os tokens de pagamento se enquadram na Lei Suíça de Combate à Lavagem de Dinheiro (AML).

 

Leia Também: E-book INÉDITO de Ethereum (ETH) da corretora FlowBTC

FlowBTC

Comprar e vender Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Litecoin é na FlowBTC! A plataforma mais segura e rápida do Brasil, com 3 anos de história, nunca saiu do ar e nem foi hackeada. É a única corretora brasileira que faz parte da Enterprise Ethereum Alliance e possui grandes investidores do mercado financeiro tradicional. Invista com especialistas, abra já sua conta em https://www.flowbtc.com.br/

Quer ficar por dentro de mais conteúdo? Siga o BrBitcoin nas redes sociais:
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta