satander fachada

Banco Santander realiza “primeira votação” para investidores na Blockchain

O Banco espanhol e um dos maiores do mundo, o Santander, se tornou a primeira empresa do mundo a utilizar a tecnologia blockchain para votação realizada pelos seus investidores.

Anunciado no dia 17 de maio,  o segundo projeto em blockchain lançado em apenas um mês, o banco se juntou com a empresa americana de serviço de processamento Broadridge Financial Solutions para facilitar uma votação para investidores em sua assembléia geral anual no dia 23 de março.

Inicialmente relacionado ao segundo blockchain para o Santander em pouco mais de um mês, o banco firmou parceria com a empresa americana de serviços de processamento de dados Broadridge Financial Solutions para facilitar uma votação para investidores em sua assembleia geral anual em 23 de março.

Os bancos JPMorgan e o Northern Trust participaram como bancos de custódia, segundo comunicado de imprensa, junto com o Laboratório dedicado a Blockchain do Santander.

“A tecnologia blockchain aumentou a eficiência e a transparência no processo de recebimento e catalogação dos voto, o que resultará em um estreitamento das brechas entre todos no processo”, acrescentou o diretor de serviços corporativos, Luis Antonio Perez.

O exemplo do investidor é o mais recente da entrada constante do blockchain no processo de votação, com as autoridades governamentais examinando principalmente como a tecnologia poderia melhorar os procedimentos padrão.

A Rússia tem planos para testar a votação em blockchain no nível local, enquanto em março, a Serra Leoa ocupou as manchetes depois de rumores falsos de que se tornou o primeiro país do mundo a usar a votação blockchain em suas eleições nacionais.

O Santander, por sua vez, lançou um projeto pioneiro no mês passado, em parceria com a Ripple para oferecer um serviço de pagamento internacional em blockchain para clientes em determinados mercados.

 

Quer ficar por dentro de mais conteúdo? Siga nossas redes sociais:

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta